Apresentação

.

Sinopse Mutter

A curta partiu de uma adaptação da banda de desenhada «The Last Man» colecção Y. Num mundo no futuro onde clones humanos e humanos disputam o poder, Dr.ª Teresa (Anabela Teixeira) procura dar à luz o seu filho numa clínica de investigação e é acompanhada pelo seu assistente (Welket Bungué). Ambos procuram esconder o nascimento por ser proibido por lei e infiltram-se na clínica onde encontram o investigador Dr. Pedro (Francisco Areosa) que recusa participar naquela loucura, mas acaba por ajudar chantageado pelo assistente (Welket Bungué).

Intenções dos realizadores.

Tendo como ponto de partida uma banda desenhada norte-americana os realizadores entenderam que deviam também procurar seguir um estilo que se aproximasse da cultura americana. A abordagem é bastante linear, tentando tirar partido das capacidades dos actores numa encenação densa e dramática num curto espaço de tempo. A inclusão dos efeitos especiais clássicos adensa o ambiente e o clima onde a cena se desenrola.

Projecto Transmedia

Os autores acharam que o projeto poderia desenvolver-se como um projeto transmedia. Este novo conceito de produção, centra-se no princípio que a história tenha varias possibilidades de entrada no projeto e  por isso distribuído em diversas plataformas. O objectivo é difundir através da internet, telefone portátil, ipods e outros mecanismos de visionamento que o projeto transmedia pode desenvolver fazendo convergir novos media com os antigos estendendo a vida do produto e criando novas formas de “engajamento” com as audiências.

No sentido de cumprir com conteúdos diversos para preencher a grelha da produção transmidea foi publicado um livro de fotografia, tendo um conteúdo diferenciado de que estamos habituados da clássica fotografia de cena mas sim acentuar o seu carácter artístico e mais próximo da fotografia de autor. Por outro lado a publicação da banda desenhada que continua o desenrolar da narrativa a seguir ao filme e ao jogo. Isto e muito mais está centrado num sítio da internet onde se pode ter acesso para além das informações relevantes sobre o filme, como trailer, making of, também dá acesso a um jogo inspirado no tema que se pode utilizar quer online quer no telemóvel.

Embora todas as plataformas possam ser visionadas e compreendidas de forma autónoma as várias etapas da narrativa complementam-se. Enquanto o jogo é a continuação do filme e a Banda Desenhada é por si a continuação do jogo permitindo desta forma abrir várias janelas de entrada para o projecto nos diferentes meios de visualização.

Há também uma componente comercial de merchandise composto por um CD das músicas originais do filme, sendo possíveis downloads, a venda do livro de fotografia e da banda desenhada. Ainda de camisolas estampadas com o símbolo da máscara que numa campanha de marketing será utilizado para pintar (grafitti) alguns pontos estratégicos da cidade dando a conhecer aliado a um blog fictício que mistura notícias verdadeiras e outras criadas no sentido de plantar um acontecimento que possa despertar curiosidade no target do projeto.

O projeto Transmidea para se tornar ainda mais transversal, não poderia terminar sem contemplar a participação direta do utilizador que pode contribuir enviando sugestões criativas no desenvolvimento e continuação da narrativa.

Mestrado em «Estudos Cinematográficos»

Televisão Oficial

sic_radical